Em 1865, James Hudson Taylor fundou a Missão para o Interior da China (MIC ou CIM, em inglês) e orou por “obreiros habilidosos e dispostos” para se juntarem a ele. Ele tinha apenas 10 libras e “todas as promessas de Deus”. Taylor orou de todo o coração, e Deus supriu todas as suas necessidades.

Em 1866 Hudson Taylor, seus filhos, esposa e 16 missionários deixaram a Inglaterra para ir à China. Ansiosos para alcançar as províncias do interior da China com o evangelho, a Missão para o Interior da China convocou igrejas em todo o mundo para a oração. A MIC enviou um total de 2.680 obreiros para a China entre 1866 e 1950.

Taylor acreditava que o evangelho só criaria raízes se os missionários estivessem dispostos a se identificar com a cultura das pessoas que queriam alcançar. Esses 2.680 obreiros aprenderam a língua e a cultura locais. Suas vidas eram um testemunho vivo para as pessoas entre as quais viviam.

Hoje, como OMF, mantemos a mesma crença de Hudson Taylor. 156 anos depois, nosso trabalho continua com o mesmo pioneirismo e essa mesma visão. O mesmo desejo ressoa em tudo o que fazemos: ver um autêntico testemunho cristão florescer na China e além, em todo o Leste Asiático.

Mudança e desenvolvimento rápidos: a China do século 21

Cidades prósperas

- A China tem uma população de 1,4 bilhão e mais de 160 cidades com uma população de mais de um milhão. Isso inclui 10 megacidades com uma população de mais de 10 milhões.

- A porcentagem da população que vive em áreas urbanas aumentou de 20% em 1980 para mais de 60% em 2019.

- Com 2 milhões de pessoas migrando para as cidades a cada ano, a população urbana na China deve chegar a um bilhão até 2030.

Equipando as crianças para a vida

A região oferece nove anos de educação obrigatória gratuita, composta por ensino fundamental e ensino médio para crianças de 6 a 15 anos. 50% dos graduados do ensino médio estavam matriculados no ensino superior em 2018 e 96% da população acima de 15 anos era alfabetizada. O sistema educacional tem ênfase em ciência, tecnologia, engenharia e matemática.

Cuidar de quem precisa

Uma iniciativa de prestação de cuidados de saúde em larga escala começou em 2009 e em 2011 resultou em 95% da população da China com cobertura básica de seguro saúde.

Rica diversidade

Há até 292 línguas vivas na China. Embora o mandarim seja a língua oficial nacional, o mongol, o uigur, o tibetano, o zhuang e vários outros idiomas também são reconhecidos regionalmente em todo o país.

O Zhonghua Minzu (nação chinesa) é composto por 56 grupos étnicos distintos. Os chineses han representam mais de 90% da população. Os 55 grupos étnicos encontrados na região incluem Zhuang, Hui, Manchu, Yughur, Mao, Yi, Yujia, Tibetano, Mongol etc.

Religião

  • Não religiosos 44,4%
  • Religiões chinesas 28,5%
  • Budistas 12,5%
  • Cristãos 5,3%
  • Religiões étnicas tradicionais 4,6%
  • Muçulmanos 1,9%

 

A visão de mundo dominante é moldada por uma mistura de confucionismo, taoísmo e budismo. As minorias muçulmanas são 20 milhões. É ilegal ensinar religião a menores de 18 anos.

A Rota da Seda

As regiões da Rota da Seda da China e da Ásia Central têm sido estradas de comércio, venda e intercâmbio cultural desde o início da Rota da Seda. Isso ocorre há mais de vinte séculos!

Chá, especiarias, seda e outros tesouros eram comercializados da Europa para a Ásia através dos perigosos desertos e cordilheiras da Ásia Central e da China Ocidental. O budismo, o islamismo e o cristianismo entraram no leste da Ásia ao longo dessas rotas comerciais da Rota da Seda. Esta região é agora o lar de mais de 10 grupos de povos muçulmanos diferentes, cada um com sua própria língua, cultura e tradições.

Avançando para o século 21, encontramos as antigas regiões da Rota da Seda mais uma vez movimentadas com comércio e intercâmbio cultural.

A Iniciativa Cinturão e Rota da China (BRI), inspirada na Rota da Seda, tornou-se o maior projeto de investimento da história. A partir de 2021, o BRI incluiu acordos com 145 países.

Ansiamos por ver as pessoas das antigas regiões da Rota da Seda abençoadas pelo abundante amor de Deus.

Saiba mais sobre os muçulmanos da Ásia aqui.
 

Saiba mais sobre a Iniciativa do Cinturão e Rota aqui.

O incrível rio Mekong

O rio Mekong flui da China, ao longo das fronteiras de Mianmar, Tailândia, Laos, Camboja e Vietnã. Muitos povos diferentes vivem nas áreas por onde o rio flui.

A diversidade de povos na região do Mekong é visível através da enorme variedade de línguas e culturas representadas entre eles.

Responsive Image