Parcerias baseadas na confiança

Paulo inicia sua carta aos Filipenses, dizendo: “Sempre que oro, faço minhas súplicas por todos vocês com alegria, por terem sido meus parceiros na divulgação das Boas Novas sobre Cristo” (1:4-5). “Parceiros” aqui é a palavra grega “koinonia”, que também pode ser traduzida como “companheirismo”. Paulo desfrutava e incentivava a “koinonia”: uma unidade na relação e propósito com outros crentes pelo bem do evangelho.

Quando cheguei ao Japão pela primeira vez, um colega experiente me alertou que colaborar com pastores japoneses pode ser desafiador devido às diferenças culturais que dificultam a boa comunicação e a construção de confiança. No entanto, após mais de 20 anos de ministério no Japão, estou surpreso e grato pela forma como desfrutei da parceria com pastores e cristãos japoneses.

Na igreja em que sirvo atualmente, a equipe de liderança se reúne toda terça-feira de manhã. Primeiro, lemos a Bíblia juntos e compartilhamos o que aprendemos. Depois, comemos juntos e desfrutamos de nossa comunhão. Somente então discutimos trabalho e ministério. Dessa forma, aprendi com os japoneses que parceria significa não apenas trabalho, mas também relação e amizade.

Em minha experiência, a confiança se desenvolve em nossas amizades pessoais e leva a uma boa comunicação e propósito compartilhado. Ao longo dos anos, colaboramos para o ministério com o Alpha, Inochi no Kotoba (editora cristã), Associação Billy Graham, Globalrize, outros colegas da OMF e Ben Jack do Movimento Evangelista Avançado. Muitas vezes, essas parcerias começaram com amizades pessoais. Nos casos em que as parcerias enfrentaram dificuldades, descobrimos que retornar à base da relação e amizade nos ajudou a reconstruir a confiança e a comunicação.

Em suas cartas, Paulo enfatiza o fato de que o evangelho nos une como um só. Aqui é onde vejo a fonte de poder da parceria. À medida que vivemos nossas vidas a partir do amor e da graça que recebemos em Cristo, encontramos a compaixão para enfrentar diferenças com paciência e superar obstáculos com amor. E ao nos amarmos uns aos outros, testemunhamos ao mundo que Jesus Cristo é Senhor.

Por Matthias, um missionário da OMF

Compartilhe este post

Envolva-se

Tem perguntas? Envie-nos um e-mail.

Sua consulta será encaminhada para a equipe OMF pertinente.

Contact Form - PT

Ai clicar em Enviar, você concorda com o processamento das suas informações de acordo com os termos em nosso Política de Privacidade.

OMF International possui uma rede de centros em todo o mundo.
Se o seu país/região não estiver listado, selecione nosso site internacional.