Estamos sendo observados

“Nos últimos quatro anos, eu estive observando você…”

“Oh não, o que vem a seguir?” pensei, tentando desesperadamente lembrar se eu tinha feito algo de errado.

Eu estava tomando chá com Emiko, a senhora que morava em frente à nossa casa. Seus filhos já tinham participado de festas evangelísticas para crianças em nossa casa. De vez em quando, conseguia conversar brevemente com ela quando nos encontrávamos, e eu frequentemente a convidava para nos visitar, mas ela sempre estava muito ocupada. Finalmente, apenas algumas semanas antes de nos mudarmos da área, ela concordou em vir.

“Nos últimos quatro anos, eu estive observando você, e vi como você se relaciona com seu marido e seus filhos, como são bons os relacionamentos na sua família. Eu observei você caminhando com seu marido, e sem ouvir suas palavras, pude perceber que você estava abrindo seu coração com ele e ele parecia realmente se importar. Eu vi você falar calmamente com seus filhos quando eles se comportavam mal, e eles escutavam. Eu quero relacionamentos assim. Como você consegue?”

Então, após garantir a ela que nossa família está longe de ser perfeita, falei sobre o amor de Deus e como Ele nos ajuda a amar uns aos outros. Compartilhei que a Bíblia nos ensina a sermos pacientes, a ouvir, a controlar nossas emoções, e que o Espírito Santo me ajuda a fazer isso. E Emiko ouviu. Eu dei a ela alguns livros cristãos sobre relacionamentos familiares. E então eu me mudei.

Cinco anos depois, visitei Emiko e, enquanto tomávamos chá juntas, ela me disse novamente que queria ter relacionamentos como os que ela tinha visto em nossa família. Ela disse que tinha ido à igreja algumas vezes, mas não conseguia entender a Bíblia. Então, eu a convidei para participar de um grupo de chat onde ela poderia receber uma breve passagem bíblica diária e uma explicação simples.

Emiko ainda não é cristã, mas me disse que lê essas mensagens diárias repetidamente, tentando entender a Bíblia.

As pessoas dizem que o Japão é um lugar difícil para fazer evangelismo, que muito poucos estão interessados e ainda menos se tornam cristãos. Em certa medida, isso é verdade. Mas o Senhor está trabalhando aqui e muitas pessoas estão buscando algo mais na vida. Para os cristãos que procuram viver o evangelho, por mais imperfeito que seja, há oportunidades reais de compartilhar a esperança que temos em Cristo e a diferença que ele faz em nossas vidas.

Por uma missionária da OMF no Japão

Compartilhe este post

Envolva-se

Tem perguntas? Envie-nos um e-mail.

Sua consulta será encaminhada para a equipe OMF pertinente.

Contact Form - PT

Ai clicar em Enviar, você concorda com o processamento das suas informações de acordo com os termos em nosso Política de Privacidade.

OMF International possui uma rede de centros em todo o mundo.
Se o seu país/região não estiver listado, selecione nosso site internacional.