Doutora Jessie McDonald na sala de cirurgia do departamento feminino (concluído em 1916) no hospital da Missão para o Interior da China (M.I.C.) de Kaifeng. Atrás da paciente está a senhora M. E. Soltau, e uma enfermeira chinesa. A mobília da sala de cirurgia foi feita localmente.

Doutora Jessie McDonald na sala de cirurgia do departamento feminino (concluído em 1916) no hospital da Missão para o Interior da China (MIC) de Kaifeng. Atrás da paciente estão a senhora M. E. Soltau, e uma enfermeira chinesa. A mobília da sala de cirurgia foi feita localmente.

 

Na década de 1970, David, um ex-soldado malaio com lepra, recebeu os cuidados de uma enfermeira da OMF na Tailândia: “Quando Minka colocou meu pé malcheiroso no colo para tratar minha úlcera, então eu soube o que era o amor de Deus.”¹

Uma missão médica como essa sempre fez parte do trabalho da OMF. Nosso fundador, James Hudson Taylor, cresceu trabalhando na farmácia de seu pai e mais tarde recebeu treinamento médico na preparação para servir na China. Lá ele descobriu que tratar as pessoas fisicamente também trazia oportunidades de compartilhar sobre Jesus, o curador de almas.

Então, em 1866, quando o navio Lammermuir zarpou, Hudson Taylor e os primeiros obreiros da Missão para o Interior da China (MIC) carregaram consigo remédios e equipamentos para que pudessem montar um hospital e uma enfermaria.²

Jesse McDonald: a primeira médica do MIC

Em 1913, a canadense Jessie McDonald se tornou a primeira médica do MIC. Ela se juntou ao veterano e médico missionário Whitfield Guinness no hospital Keifeng e serviu lá por 26 anos. O hospital  da M.I.C. era a única instalação médica na área e os pacientes viajavam de longe para serem tratados. McDonald fez questão de tratar todos os pacientes igualmente, incluindo, em 1939, os soldados japoneses feridos ao invadir a cidade. A habilidade médica de McDonald e sua capacidade de desenvolver instalações médicas e treinar equipes chinesas conquistaram muito respeito. Ela também procurou ‘apontar para o Curador de almas. Sua grande alegria foi quando um paciente ou outra pessoa que ela conheceu veio à fé no Senhor Jesus.’³

O hospital em Kaifeng, Honan. Manhã das mulheres no dispensário, mostrando alguns dos carrinhos de mão por onde os pacientes chegam. A Sra. Guinness está de pé à esquerda. Fotografia: Dr. G. W. Guinness

O hospital em Kaifeng, Honan. Manhã das mulheres no dispensário, mostrando alguns dos carrinhos de mão por onde os pacientes chegam. A Sra. Guinness está de pé à esquerda. Fotografia: Dr. G. W. Guinness

Tratando a lepra, construindo uma igreja

Em 1951-2, McDonald relutantemente deixou a China com seus colegas que se mudaram para os países vizinhos. Em 1956, a M.I.C. abriu o Hospital Manorom, o primeiro centro médico na Tailândia central. O hospital desenvolveu especialização no tratamento da hanseníase. Esse era um problema generalizado na região e exigia isolamento social para os pacientes. Porém o hospital e suas remotas clínicas os acolheram, mesmo com suas feridas que ninguém mais tocava, e assim eles começam a se sentir valorizados e amados.

Por meio do trabalho, os leprosos também ouviram falar de Jesus e logo uma igreja foi formada. Na verdade, esta igreja foi a primeira na Tailândia central. Pouco depois, outra igreja cujos membros eram fisicamente saudáveis se desenvolveu. Apesar do medo da doença inicialmente separar os membros, em uma geração as duas igrejas se uniram, mostrando a realidade do evangelho em suas vidas. Hoje, vários líderes da igreja unida são ex-pacientes com hanseníase.⁴

Hoje, existem cerca de 100 obreiros da OMF servindo em todo o Leste Asiático como médicos, cirurgiões, dentistas e em uma série de outras funções na área da saúde. Junte-se a nós para ouvir algumas de suas histórias de demonstração de amor em ação.

Louvado seja Deus pelo testemunho da missão médica do passado e do presente! •

____________

¹ Rose Dowsett and Chad Berry, God’s Faithfulness: Stories from the China Inland Mission and OMF International (Singapore, 2014) p.88.

² Roger Steer, J Hudson Taylor: A Man In Christ (Bletchley, 2001) p.187.

³ God’s Faithfulness p.300.

God’s Faithfulness pp.90-95.

 

Você vai orar conosco?

  • Dê graças por todos os profissionais da área da saúde que serviram na M.I.C. e OMF e pelo trabalho que Deus fez por meio deles.
  • Ore pelos médicos profissionais que atualmente servem na OMF. Ore para que eles conheçam o incentivo de Deus hoje e para que Ele os torne frutíferos em seu ministério.
  • Ore para que mais profissionais médicos pensem em seguir suas carreiras e atuar através delas em missões transculturais.

Start typing and press Enter to search

Sattha Football Ministry