Notícias e histórias

ព័ត៌មាននិងរឿងផ្សេងៗ

Agradecido nos dias desafiadores

Ao chegar ao Japão há um ano, eu transbordava de gratidão e um profundo senso de admiração pela oportunidade de servir como missionário entre o povo japonês. O sentimento de gratidão era verdadeiramente avassalador.

Agora, o frescor inicial do campo missionário gradualmente diminuiu. Enfrentei vários desafios, incluindo as complexidades de aprender um novo idioma e a frustração de não conseguir realizar tarefas da mesma maneira que poderia fazer em casa.

Recentemente começamos a frequentar uma igreja que realiza seus serviços inteiramente em japonês. Geralmente nos dividimos em grupos durante os encontros para discutir passagens da Bíblia. No entanto, muitas vezes tenho dificuldade em me expressar, conseguindo apenas algumas frases (às vezes apenas algumas palavras!) e esperando que elas sejam compreendidas de maneira coerente. Essa experiência é ao mesmo tempo humilhante e frustrante.

Em meu país eu poderia me expressar facilmente e compartilhar o que Deus está fazendo em minha vida. Em momentos como esses, posso me concentrar em minhas limitações ou escolher agradecer ao Senhor pelas oportunidades de praticar japonês em um ambiente seguro e encorajador.

Tenho aprendido ao longo deste último ano que a gratidão é uma prática espiritual tão importante quanto a oração, adoração e leitura das escrituras. A Bíblia frequentemente nos exorta a sermos agradecidos. Na verdade, a gratidão deve ocupar um lugar central em nosso relacionamento com Deus. Nas cartas de Paulo, ele constantemente instiga a igreja primitiva a expressar gratidão a Deus mesmo no meio de seus testes e desafios.

“Alegrai-vos sempre, orai sem cessar, em tudo dai graças; porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco” (1 Tessalonicenses 5:16-18).

Ser grato pode ser difícil nos dias desafiadores. Mas quando mudo minha perspectiva para a bondade de Deus, isso me humilha ao reconhecê-lo como a fonte de todas as bênçãos. Isso fortalece minha fé e me concede a resiliência para continuar a obra para a qual Deus me chamou com alegria e paz, sabendo que Deus está no controle. Eu realmente posso ser grato.

Por Ray, um missionário da OMF

Compartilhe este post

Envolva-se

Tem perguntas? Envie-nos um e-mail.

Sua consulta será encaminhada para a equipe OMF pertinente.

Contact Form - PT

Ai clicar em Enviar, você concorda com o processamento das suas informações de acordo com os termos em nosso Política de Privacidade.

OMF International possui uma rede de centros em todo o mundo.
Se o seu país/região não estiver listado, selecione nosso site internacional.